Envie para um amigo



Fale com a Diretoria

Tem alguma dúvida? Precisa saber sobre alguma demanda como filiado? Quer contribuir com sugestões, ideias ou críticas?

Envie uma mensagem para a DS Ceará. Queremos ouvir você!




Desoneração da folha virá por medida provisória, diz Mantega

30, maio, 2011

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira (27) que o governo vai editar medida provisória sobre a desoneração da folha de pagamento. É possível até zerar a contribuição patronal para a Previdência, atualmente em 20%, sobre os salários. Isso deve
Para Mantega, que participou de evento da Câmara de Comércio França-Brasil, a medida dá competitividade à produção nacional. Dependendo do caso, a redução desse custo trabalhista incentiva a formalização de mão de obra ou a contratação de mais empregados com carteira assinada, disse.

Para compensar a perda de arrecadação, estimada em R$ 95 bilhões anuais, está em estudo a criação de um imposto sobre o faturamento das empresas, disse Mantega.

A desoneração completa da folha de pagamento foi adiantada por Mantega às centrais sindicais em reunião na última quarta-feira (25). Até agora, o governo vinha falando em baixar a alíquota para 14%, proposta rechaçada pelos sindicalistas.

Para as indústrias, a alíquota em estudo seria de 1,5% a 2% sobre o faturamento. Para setores como serviços e bancos, que empregam menos, a alíquota seria maior.