Envie para um amigo



Fale com a Diretoria

Tem alguma dúvida? Precisa saber sobre alguma demanda como filiado? Quer contribuir com sugestões, ideias ou críticas?

Envie uma mensagem para a DS Ceará. Queremos ouvir você!




Auditores no Ceará aprovam moção de solidariedade à família da juíza Patrícia Acioli

24, agosto, 2011

Os Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, Auditores-Fiscais do Trabalho, Peritos e Delegados da Polícia Federal reunidos na manhã de hoje (24/8) em atividades da paralisação em defesa da valorização do serviço público, em frente ao prédio da Receita Federal do Brasil, em Fortaleza, aprovaram MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA DA JUÍZA PATRÍCIA ACIOLI E REPÚDIO AO CRIME ORGANIZADO.

No texto, os servidores públicos "repudiam veementemente a ação do crime organizado nos atentados contra a atuação do Estado” e cobram firmeza na punição aos ataques de “organizações criminosas aos que defendem a Justiça, nos seus âmbitos fiscal, trabalhista, social e criminal”. Confira abaixo a íntegra do documento.

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA DA JUÍZA PATRÍCIA ACIOLI E REPÚDIO AO CRIME ORGANIZADO

Os Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, Auditores-Fiscais do Trabalho, Peritos e Delegados da Polícia Federal presentes nas atividades do dia de paralisação em defesa da valorização do serviço público, em Fortaleza-CE, vêm manifestar a sua irrestrita solidariedade aos familiares, amigos e colegas de trabalho da juíza Patrícia Lourival Acioli, em face do brutal assassinato ocorrido no último dia 11 de agosto.

Conhecemos a dor da família da juíza e a insegurança funcional por que passam neste momento os agentes de Estado que lidam diuturnamente no combate ao crime organizado, pois também passamos por essa atroz experiência, quando, num passado não muito distante, três Auditores-Fiscais do Trabalho e um motorista foram covardemente assassinados em emboscada na região rural de Unaí-MG, quando realizavam fiscalização de combate à exploração do trabalho escravo naquela região. Até hoje, os réus ainda não foram condenados.
Ainda sangramos com os assassinatos dos Auditores-Fiscais da Receita Federal Nestor Leal e Antonio Sevilha, e mais recentemente sofremos com a tentativa de homicídio de Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil José de Jesus Ferreira, ocorrida em 9 de dezembro de 2008, nesta capital cearense.

As categorias mobilizadas repudiam veementemente a ação do crime organizado nos atentados contra a atuação do Estado. As Instituições da República, que tanto combatem, em beneficio da sociedade, os crimes de contrabando e descaminho, sonegação fiscal, trabalho escravo e infantil, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e de armas não merecem reiterados golpes em desfavor da incolumidade de seus servidores públicos no exercício de seu dever constitucional.

A manifestação pública se reveste de um inegável grito de alerta à sociedade para toda sorte de consequências nefastas advindas do ataque impune de organizações criminosas aos que defendem a Justiça, nos seus âmbitos fiscal, trabalhista, social e criminal.

ADPF – ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DA POLÍCIA FEDERAL
APCF – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PERITOS CRIMINAIS DA POLÍCIA FEDERAL
DS/CEARÁ - SINDICATO NACIONAL DOS AUDITORES-FISCAIS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL
SINAIT – SINDICATO NACIONAL DOS AUDITORES-FISCAIS DO TRABALHO
SINDAIT – SINDICATO DOS AUDITORES- FISCAIS DO TRABALHO NO ESTADO DO CEARÁ

NOTA APROVADA EM MANIFESTAÇÃO PÚBLICA EM FRENTE AO PRÉDIO DA RECEITA FEDERAL NO CEARÁ, DIA 24/08/2011